Recent Posts

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

                           

                                
São Luís

Ilha dos amores, dos sentimentos latentes apesar de viver em outro lugar, meu coração cria asas para voejar através das lembranças, que comovido pelo pensamento debulha emoções que impregnaram a alma ao longo do tempo.

Ilha que me acolheu desde o meu nascimento, onde habitaram meus ancestrais, quantas histórias incisadas na paisagem simples dos casarões.

 Ao longe ressoa um batuque e um cantarolar de antigas marchinhas dos eternos carnavais, ou o som de matracas e maracas?
 Quanta riqueza em poesia ecoa pelas ruas.

É teu povo festivo que compõem melodias para embalar o passar dos dias, trilha sonora única e indescritível, onde a maior beleza está em sentir no coração.

Quantas lembranças, vida que pulsa e que mesmo com suceder dos anos é inevitável mergulhar nas lembranças que eclodem, pois és tu que está dentro de mim, minha ilha dos mil amores.

Conceição Pearce

terça-feira, 2 de janeiro de 2018


FRAGILIDADE

A ideia de fraqueza foi incutida
Sabe-se lá quando,
E fomos crescendo nesse universo de necessidade.
Persistirmos indigentes em busca de ajuda, proteção e cuidados,
E a crença da fragilidade nos tornando escravos.


Conceição Pearce 
                                  


MUDANÇAS

O amanhã é incerto ninguém pode prever,
As consequências das escolhas realizadas no hoje
Tem um peso inadiável.
A grande proeza é saber ser feliz, nos tornando melhores do que somos na passagem dos dias
Sem prosseguir preso na mesma historia.


Conceição Pearce 

No primeiro dia do ano
Lua de prata no céu
Rouba qualquer paisagem, os olhos são seduzidos a apreciar esse lindo espetáculo.
E tudo mais emudece nesse silencio em prece.

domingo, 19 de novembro de 2017

                                                             


PRISÕES

Vivo o momento, mergulhado no passado ou no presente,
Estarei alegre ou triste
Transpondo deserto, ou aprisionado em gaiolas,
Tombando ou alçando voos que erga a alma.
Taciturno apressa o passo, mas nos instantes de lucidez caberá decidir se permaneço ou me refaço.
Vida fugidia coisa nenhuma sente, exposto ao sol escaldante ou o frio das noites escuras.
Não sei se caminho ou fico, mas o único momento que vivo é o instante.
O pior cárcere reside no cérebro humano.

Conceição Pearce

domingo, 5 de novembro de 2017


Liberdade

A vida é uma composição melódica que oscila 
entre melancolia, alegria ou emoção plena.
A alma baila na construção dos passos complexos da dança buscando se expressar e se fazer compreender em sua própria essência, se lança na pista da vida ou paralisa.
Baila sozinha sem ensaios e desprovida de acompanhamento, a música do momento é inaudível ao exterior ela apenas retine em seu ser, melodia solitária e única e que nem sempre é capaz de envolver.
Baila e baila a cada dia, a cada minuto da vida, e é jugada pelos passos da dança expressa na representação nos acontecimentos da vida, ser fiel a sua música interior é mais valioso que tentar contentar.

Conceição Pearce

segunda-feira, 30 de outubro de 2017