Recent Posts

sábado, 30 de maio de 2009

PROCURA

Depois de sonhar contigo
Deu-me uma louca vontade de estar ao teu lado
Necessidade de ter você juntinho de mim
Não te achei
Ilusão do meu coração
Que necessita da tua companhia
Se encontrar-se
Iria correndo para os teus braços
Por mais distante que te achasse
E sussurraria ao teu ouvido
Que me amasse

Conceição Pearce

quinta-feira, 28 de maio de 2009


SIMPLESMENTE ROMÂNTICO

Seremos ainda
Românticos
Na busca de palavras
Que possa expressar o mais puro sentimento
Ofertar rosas a quem amamos
Ter na memória aquela melodia
Que marcou nosso encontro
Ouvir o canto dos pássaros
E lembrar-se do nosso amor
Os melhores momentos
Do dia querer repartir
Sentar lado a lado
Ou entrelaçados
Viajar na ternura
Do encantamento do amor
Românticos ainda serão?
Para vivenciar o amor
O lume que embeleza os relacionamentos
Que dar ao entendimento doçura e pureza
Faz o coração bater apressado
Com pequenas delicadezas
E com o sorriso nos lábios
Ou com lagrimas
Compreender
E ser compreendida
Amar é também compartilhar
O belo da vida

Conceição Pearce

terça-feira, 26 de maio de 2009

A DISTÂNCIA

Sei que te perco na distância
Perco-te pela ausência
Perco-te pelo vazio deixado
Do teu corpo aconchegado ao meu
Perco-te por não te ver
Por não ter meus lábios nos teus
Sei que te perco
E nessa mesma ânsia
Desejo-te
Apesar da distância
Não te esqueço
Vivo essa verdade angustiante
Na saudade que se perpetua
Suscitando um lamento


Conceição Pearce

quinta-feira, 21 de maio de 2009

A HARMONIA DA VIDA

Vidas
Que fluem em trilhos separados
Proveniente de mundos diferentes
No seu percurso
Paisagem e vivência
Vão forjando a história
No coração de cada um
Mais há algo em comum
A necessidade latente
Da felicidade
Que pode está
No amor espiritual
Carnal
Poético
Busca permanente
Com quem partilhar
Essa felicidade
E vivenciá-la sem restrição
É o que rege o fluxo
De cada um
Numa única vibração
Troca de emoção
Irradiando afeto

Conceição Pearce

quarta-feira, 20 de maio de 2009

AMOR INCONDICIONAL

Amo-te como amigo
Como amante
Amo-te a pesar da realidade
Instável dos teus sentimentos
Amo-te com sentimento imutável
Com amor ardente
Puramente amo-te
Irei ti amar assim
Na constância dos meus dias
Cantando sempre ao teu ouvido
Minha melodia
Amo-te
Pode o tempo mudar
E de mim te afastar por um tempo
Pode ser que mais tarde
Venha lembrar-te
Que te amo
Na expressão mais bela
De querer-te

Conceição Pearce

terça-feira, 19 de maio de 2009

SONHOS

Sonhar é bom
É o encontro
Perfeito do real e o imaginário
É celebrar a cada dia sua realização na imaginação
Não é a concretização
Mais um caminho
Pode perdurar
Até que outro surja
Substituído o sonho que foi tão sonhado
Se for realizado ou não
A inconstância da vida
Faz-nos oscilar
Entre o sonhar
E o realizar
Entre o novo
E o antigo
Viver é sonhar
Se vai valer a pena e lutar
Só o tempo tem esta resposta
Sonhar é navegar!
É uma indescritível emoção
Pautada na auto realização

Conceição Pearce

sexta-feira, 15 de maio de 2009

RODA-VIVA

A vida nos permite
A cada dia um novo passo
A cada passo
Uma nova opção
A cada perda uma dor
Um aprendizado
Forjando uma transformação
Reinvenção
Que não se encontra na imaginação mais na alma
Consentindo um recomeçar sempre
Retraindo a dor
Reinventando a garra
A perseverança para continuar
A lutar na inconstância da vida
Que varia entre a alegria e tristeza
Peso e leveza
Confiança e incerteza
Fazendo a vida no permanente recomeçar
Dando um basta no que ficou pelo caminho
Acalentando a concretização de um novo sonho
Continuamente

Conceição Pearce
CUIDAR DE VOCÊ

Hoje eu
Só queria ti ter por perto
Poder afagar teus cabelos
E deixá-los em desalinho
Ti cobrir de carinho
Mirar nos teus olhos
E considerar que essa doce criança
De tanta dor
E emoção vivida
Tornou-se arisca para o amor
E com jeitinho
Poder ti fazer entender
Que junto a mim
Você estará protegido
Que apesar e de ser uma mulher
Com alma de menina
Sabe muito bem o que quer


Conceição Pearce

DECLARAÇÃO

Eu queria escrever-te
Uma poesia
Forjada no mais íntimo do meu ser
Com palavras simples
Mais repleta de vida
E luz do amor
Que para entendê-la
Terias que aquietar teu coração
E na quietude do teu interior
Ouvir
Sentir
Deixar teu coração se iluminar
Pelo amor que devoto a ti
E toda duvida varrer
Dando-te a certeza
É você o meu doce querer

Conceição Pearce
AQUECER

Outono estação gelada
Onda de frio que se propaga
Rasga os lábios
E o corpo adverte
É tempo de buscar
Agasalho
Cobertor
Cobertura
Poderia jogar fora
Essa camada tão expeça
Se você estivesse aqui
Juntinho de mim
Aquecendo-me na hora certa
Lançaria fora qualquer
Forma de abrigo
Pois o calor viria de dentro
Arrefecendo o frio que por um acaso
O meu corpo tentar-se esfriar

Conceição Pearce

domingo, 3 de maio de 2009

FALA CORAÇÃO

Diga meu coração
Porque amamos a pessoa errada
Diga meu coração
Porque expressamos tanto afeto
Por quem não nutre os mesmos desejos
E sentimentos
Diga meu coração
Porque apesar do não
Ainda temos ilusão de ser feliz
Com quem amamos
Diga meu coração
Qual a razão
Diga que não é masoquismo
Que não dar para ser feliz
Sem o amor que ti faz
Passar por tantos sacrifícios

Conceição Pearce

O AMOR JAMAIS ESQUECE

De tudo aquilo que me rodeia
Ao meu amor terei sempre o devido zelo
Mesmo que por algum segundo
Algo possa roubar-me os sentidos
Mais não meu coração
Que estará centrado em quem meu coração ama
Razão dos meus melhores sentimentos
E criação dos meus versos
Por quem derramo minhas lagrimas
Oferto meu sorriso
Minha dor e meu contentamento
Quando a solidão apertar
E a saudade ti visitar
Lembre-se que do lado de cá
Existe um coração
Que ti ama e deseja
E não encontra explicação
Para tanto queres- te

Conceição Pearce


EXPRESSÃO DE AMOR
Ensaiei
Disfarcei
Ocultei
Mais minha expressão foi traidora
Tentei esconder
Por temor
Medo de evidenciar
A dimensão do meu sentimento
Permiti que ele sair-se
Revelando o que tentei sufocar
Do meu amor por você
E em palavras exponho minha emoção
Me entregado em cada frase
Exprimindo em versos
O meu jeito de amar
Conceição Pearce

sábado, 2 de maio de 2009

POESIA

Emoção
Que formula palavras
Juntam-se em concordância
Formando frases
Para tentar exalar
A elocução do coração
Brota livre
De alegoria
Vem tornar conhecido
Apenas as sensações
Comedidas e que foram capitadas
Pelos sentidos
Para ornamentar a vida
Com o que ocorre por dentro
Nutrido a mente
De quem os olhos nas frases se deterem
Envolvendo corações
Difundindo vida
Motivando com candura
Sentimentos
De amor já esquecido
Pelas tramas da vida

Conceição Pearce